Alistamento militar Rio de Janeiro 2020: Online, acompanhar situação e feminino

No ano de 2020, jovens que farão 18 anos até a metade do ano deverão realizar o alistamento militar querendo ou não, visto que é obrigatório – independente se quer ou não seguir carreira militar ou não, cumprindo sua obrigação como jovem brasileiro.

Quer ter informações completas sobre como funciona o alistamento militar no Rio de Janeiro no ano de 2020, como funciona o processo de inscrição, como realizar a consulta, seleção, como conseguir dispensa e muito mais.

Como fazer meu alistamento militar?

É preciso ficar atento aos prazos requeridos para que não se perca por entre a inscrição. Também é importante saber quais são os documentos que você deve levar para que não perca a viagem, ou pior, perca sua inscrição.

As mulheres não têm a obrigação de se alistar, porém caso queiram, o procedimento pode variar de cada área específica, mas para as gerais, como as de homem, basta fazer o processo padrão abaixo.

Você deve comparecer até a juntar militar mais próximo durante o tempo indicado, que geralmente acontece entre janeiro até o final do mês de junho, os documentos que deve levar consigo são:

  • Certidão de nascimento ou de casamento;
  • Carteira de identidade;
  • Certificado de naturalização ou termo de opção;
  • Certificado de alistamento militar – caso já tenha se alistado em outro local além do Brasil ou na marinha;
  • Foto 3×4 (fundo branco ou azul);
  • Comprovante de residência.

Alguns dos participantes são liberados logo de primeira ou escolhidos para a segunda fase. Nessa outra seleção, os jovens vão passar por avaliações físicas e psicológicas para verificar se tem os pré-requisitos necessários para cursar carreira militar.

Como acompanhar o alistamento militar

O alistamento e sua respectiva consulta podem ser feitos por meio online, no site oficial do alistamento, basta que se tenha o número de CPF em mãos e algumas informações pessoais.

O procedimento de inscrição citado abaixo pode ser feito tanto para a aeronáutica, matinha e exército. Veja o processo:

  1. Acesse o site oficial do Alistamento, que é: https://www.alistamento.eb.mil.br/;
  2. Nessa página você deve clicar na página “Quero me alistar”;
    Como acompanhar o alistamento militar
  3. Dessa forma, você será redirecionado para uma nova página da qual deverá selecionar a sua relação ao alistamento militar, veja abaixo quais são as opções disponíveis;
    Como acompanhar o alistamento militar
  4. Variando de sua escolha, após alguns passos você deverá preencher com o seu número de CPF, data de nascimento e o nome de sua mão, por fim, clique no botão “Login”.
    Como acompanhar o alistamento militar

Mas, se você já fez o seu cadastro e quer apenas consultar qual é a sua situação em relação ao alistamento, veja abaixo como realizar esse processo:

  1. Vá até a página oficial do site do Alistamento: https://www.alistamento.eb.mil.br/;
  2. Clique então na opção “Já me alistei”;
    Como acompanhar o alistamento militar
  3. Desse modo, você deverá preencher as opções que são requisitadas, no caso, seu número de CPF, data de nascimento e também o nome da mãe, por fim, clique em “Login”.
    Como acompanhar o alistamento militar

O que acontece se eu não me alistar?

Se você não realizar o seu cadastro dentro do prazo estabelecido, poderá ter problemas posteriormente, principalmente se não regularizar a situação. Os impedimentos que acontecer são:

  • Certidão de nascimento ou de casamento;
  • Carteira de identidade;
  • Certificado de naturalização ou termo de opção;
  • Certificado de alistamento militar – caso já tenha se alistado em outro local além do Brasil ou na marinha;
  • Foto 3×4 (fundo branco ou azul);
  • Comprovante de residência.

Caso queira regularizar sua situação, é preciso ir até a Junta Militar, pagar uma multa e pronto.

Veja também como se alistar em outros estados brasileiros:

Dispensa militar: como funciona esse processo?

A dispensa militar costuma acontecer por algumas razões, que são:

  • Excesso de inscrições: quando existem mais pessoas se inscrevendo para o exército do que o comum, sendo assim várias delas liberadas de primeira;
  • Arrimo: se você é a única pessoa que sustenta a sua casa, poderá provar por meio de documentos específicos e assim, ser dispensado logo no início do processo;
  • Problemas de saúde: caso tenha problemas crônicos de saúde, deficiência mental ou física, pode ser dispensando também;
  • Outra carreira: não é uma certeza, porém é comum que jovens que estejam matriculados em um curso ou tenham um plano de carreira já previsto, recebam a dispensa do exército.

Depois disso, você deverá comparecer até a Junta Militar de sua cidade da nada que for agendada, então, participará da cerimônia cívica de Juramento da Bandeira, recebendo por fim o seu CDI – Certificado de Dispensa de Incorporação.

Marcela Mazetto

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content