Alistamento Militar Porto Alegre 2020 – Como fazer online e acompanhar o processo

O alistamento militar é obrigatório para todos os jovens brasileiros do sexo masculino. Quando eles completam 18 anos devem se alistar na Junta do serviço militar mais próximo da sua residência.

Para as mulheres, o alistamento militar não é obrigatório, mas, elas podem se alistar embora o número de vagas seja bem menor do que para o sexo masculino.

Confira mais detalhes abaixo sobre esse assunto!

Como funciona o processo de alistamento militar Porto Alegre 2020?

O alistamento militar deve feito entre os meses de Janeiro e Junho do mesmo ano. Lembrando que os homens que completarem 18 anos são obrigados a fazer isso, incluindo aqueles que moram no exterior.

Portanto, todos os jovens que nasceram no ano de 2002, devem se alistar no processo de 2020.

Todo o processo é fácil  e feito pela internet. Confira!

  1. Entre no site (https://www.alistamento.eb.mil.br/)
  2. Clique em “Quero me alistar”;
  3. Preenche todas as informações solicitadas;
  4. Depois disso, é só acompanhar o seu alistamento nesse mesmo site clicando em ” Já me alistei”. Nele, serão enviados informações do dia, local e hora que o candidato deve se apresentar nas forças armadas.

Os jovens que estiveram em atraso com o cumprimento não podem fazer a inscrição pela internet. Esses devem comparecer na Junta do Serviço Militar ( JSM) de Porto Alegre no seguinte endereço:

Rua Luis Manoel, 100 – Bairro Santana – Horário: das 7h00 às 14 horas.

Quais os documentos são necessários?

É importante que o jovem fique atento ao site para comparecer no dia e local marcado para a avaliação, é importante levar os seguintes documentos:

  • Carteira de identidade ( cópia e original)
  • Certidão de nascimento ( cópia e original)
  • Certificado de casamento, se houver ( cópia e original)
  • Certificado de naturalização, se houver ( cópia ou original)
  • Certificado de assinatura de termo de opção ( cópia ou original)
  • Comprovante de residência de Porto Alegre ( cópia e original)

Como é feita a seleção geral?

O alistamento não significa que o jovem será escolhido, esse é um procedimento obrigatório.

No entanto, o processo de seleção geral acontece entre os meses de Fevereiro e Novembro, onde os jovens que se alistaram participam de um processo de seleção fácil e rápido onde os recrutas são avaliados dentro de alguns critérios que são a combinação da força física com a capacidade de avaliar situações.

Veja também como se alistar em outros estados brasileiros:

Quem pode solicitar o adiamento?

Os jovens que desejam adiar o comparecimento na seleção geral podem o fazer nas seguintes condições:

– Estiver cursando a 1ª ou 2ª série do Ensino Médio, nesse caso é preciso adiar um ou dois anos, pois é necessário atingir a escolaridade exigida;

– Estiver cursando 3ª série do Ensino Médio ou então, já possui diploma de Conclusão do Ensino Médio e seja candidato a curso na área médica ( Medicina, Odontologia, Farmácia, Veterinária. Nesse caso, pode ser solicitado adiamento por dois anos até que seja definida sua aprovação no vestibular;

Caso o jovem se torne aluno da área médica, ele pode solicitar adiamento pelo tempo de duração do curso, mas precisa comprovar sua matrícula e se apresentar anualmente no período de 2 de Janeiro a 28 de Fevereiro para revalidar seu adiamento;

– Alunos de curso de formação religiosa podem solicitar adiamento por até 8 anos para que possam completar o curso. Mas, devem apresentar um documento que comprove essa condição e também devem se apresentar anualmente no período de 2 de Janeiro a 28 de Fevereiro para revalidar seu adiamento;

No final do curso e o cidadão se tornar um sacerdote, ele terá o direito a dispensa da corporação;

Para solicitar o adiamento de suas obrigações militares, os cidadãos devem estar alistados para o serviço militar e seguir todas as medidas exigidas, bem como apresentação de documentos que comprovem a atual situação.

Como funciona o alistamento militar para mulheres?

A participação das mulheres nas forças armadas ainda é pequena, estima-se que há cerca de 22 mil em todo o Brasil, sendo que na Força área tem pouco mais de 9 mil, na Marinha tem quase 7 mil e no exército, aproximadamente 6 mil.

Em suma, as mulheres representam apenas 6% do efetivo no serviço militar.

As mulheres interessadas em se alistar devem comparecer nos quartéis generais, Órgão de Assessoria do Exército, Escola de Formação Complementar do Exército,  Organização Militar de Saúde e outros.

Existem várias formas das mulheres conseguirem ingressar, por isso, é importante que ela se encaminhe para as instituições certas. Caso tenha interesse no exército, é ideal acessar o site  para saber dos concursos e vagas temporárias.

3ª Região Militar – Porto Alegre – RS:
Fone: (51) 3220-6416 / 6352
Site: www.3rm.eb.mil.br

Para a marinha e força área é necessário fazer concurso. Nesse caso, é importante ficar atento aos editais nos seus respectivos sites.

Rafaela Trevisan Cortes

Rafaela Trevisan Cortes, jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Revoltada por natureza, vê na comunicação uma oportunidade de extravasar a sua paixão por curiosidades, arte e conhecimento.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content