Alistamento Militar Campinas 2020 – Online Acompanhar, situação e feminino

Todos os anos acontece o Alistamento Militar Obrigatório para jovens rapazes que completam 18 anos. Além do serviço militar masculino, há também a possibilidade as mulheres se alistar, porém de maneira voluntária. O Alistamento Militar Campinas 2020 começará a partir do primeiro dia do ano e irá até fim de junho.

Os homens que não se alistarem ficaram em débito monetário com o serviço militar, além de ficar impedido de realizar muitas outras coisas. Por isso esteja atento ao prazo e saiba como realizar o processo de alistamento militar. Aqui nesse artigo você saberá como fazê-lo, tanto o alistamento militar masculino quanto o feminino:

Como funciona o processo de alistamento para homens?

O Alistamento Militar é obrigatório para os homens que completam 18 anos no ano em vigência. Contudo, alistar-se não significa que irá servir, pois os militares realizam um processo de avaliação para selecionar os mais aptos. Portanto, há possibilidade de dispensa militar.

Para fazer o Alistamento Militar Campinas 2020, existem duas possibilidades: fazê-lo online ou direto na Junta de Serviço Militar (JSM) de Campinas. Seja qual for a forma escolhida, é extremamente importante ir dentro do prazo.

Pela internet, acesse o site http://www.alistamento.eb.mil.br/. Em seguida:

  1. Clique em “Quero me alistar”;
  2. Clique na opção que mais se encaixa em seu perfil;
  3. Preencha com seus dados pessoais (CPF, data de nascimento e nome da mãe).

Feito esses passos, você irá criar uma senha que será utilizada como seu login para futuramente verificar a situação. É lá que você saberá se foi selecionado ou se teve dispensa do serviço militar.

A outra maneira de se alistar é ir até a JSM (Junta de Serviço Militar) mais próxima. Neste caso, é importante levar consigo seus documentos pessoais:

  • Certidão de nascimento, casamento ou carteira de identidade original;
  • Documento de brasileiro naturalizado por opção (se for o caso);
  • Registro de emancipação (no caso de índio);
  • Comprovante de residência ou declaração assinada;
  • Documento oficial com foto;
  • 2 fotos 3×4.

Alistamento Militar Campinas 2020 feminino

As mulheres não são obrigadas a se alistar no serviço militar brasileiro, contudo muitas querem conhecer ou até seguir carreira. É preciso ter 18 anos ou mais e, irá servir por 12 meses, o período já determinado. Se quiser seguir carreira, é necessário realizar o concurso.

O Alistamento Militar Campinas 2020 feminino é diferente dos homens. Como não é obrigatório, as mulheres se alistam de maneira voluntária, auxiliando em Quartéis-Generais, Órgão de Assessoria do Exército, Organização Militar de Saúde e Instituições de Ensino Militar.

Atualmente, as também podem alcançar patentes que até pouco tempo eram exclusivamente masculinas, como tenente e capitão. Para seguir carreira, é necessário frequentar a escola militar para realizar o concurso. As escolas militares são:

Como acompanhar a situação do alistamento

Acompanhar a situação do seu alistamento militar 2020 é bem simples. Acesse novamente o site http://www.alistamento.eb.mil.br/ e cliique em “Já me aliste”. Digite seu login e as informações irão aparecer em sua tela.

Como funciona a seleção geral

A seleção dos homens é feita pelos militares de acordo com alguns fatores, sendo 2 em especial. O primeiro critério combina a força física e a capacidade de analisar situações. Já o segundo critério está relacionado com os aspectos culturais, região onde vive e classe social.

O processo de seleção acontece entre os meses de fevereiro e novembro. Participam quem se alistou no ano vigente e os jovens que, por algum motivo estão em débito com o serviço militar.

Veja também como se alistar em outros estados brasileiros:

O que acontece se eu não me alistar?

Por ser obrigatório, os rapazes que não se alistarem ao serviço militar terão que lidar com suas consequências, a primeira delas é o débito monetário com o serviço militar. Mas, além disso ficará impossibilitado de conseguir um emprego, estudar ou prestar concursos.

As demais consequências de não se alistar são:

  • Não poderá ter um emprego com carteira assinada ou ser associado em uma instituição;
  • Impossibilitado de tirar passaporte ou renová-lo;
  • Não poderá tirar carteira de trabalho;
  • Não poderá ter um registro de diploma de profissões liberais, matrícula ou inscrição para exercer qualquer tipo de função ou licença na indústria ou profissão;
  • Não poderá assinar qualquer contrato com o Governo Federal, Estadual, dos Territórios ou ainda do Município;
  • Não poderá prestar vestibular e/ou se matricular em qualquer instituição de ensino;
  • Não poderá prestar concurso público e/ou assumir o cargo;
  • Não poderá executar qualquer título, independente da categoria ou maneira de pagamento;
  • Não poderá exercer qualquer função da rede pública ou cargo público, eletivo ou por meio de nomeação;
  • Não poderá receber qualquer tipo de prêmio ou favor do Governo Federal, Estadual, de territórios ou dos municípios.

No caso de mulheres, não há nenhum problema em não se alistar, visto que não é obrigatório o alistamento militar feminino.

Rafaela Trevisan Cortes

Rafaela Trevisan Cortes, jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Revoltada por natureza, vê na comunicação uma oportunidade de extravasar a sua paixão por curiosidades, arte e conhecimento.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content